Tanak-final-1200x675

E tudo Ott Tanak levou no Rali da Finlândia

04 agosto 2019

Tanak voltou a vencer na Finlândia e segura o máximo de pontos possíveis, uma vez que também venceu a Power Stage. Com este triunfo o piloto da Toyota torna-se no mais sério candidato ao título de 2019. A estratégia da Toyota para o Rali da Finlândia saiu quase perfeita, na guerra preciosa pelos pontos para o campeonato de construtores. Aqui, a interferência de um rapidíssimo Esapekka Lappi em Citroen, que terminou no 2º lugar a 25,6 segundos de Tanak estragou as contas, bem como o 3º lugar de Jari-Matti Latvala sempre pressionado para a dobradinha Toyota, o que Lappi conseguiu estragar, uma vez que o finlandês mais experiente, ficou apenas a 7,6 segundos do seu compatriota mais jovem, e a 33,2 segundos do vencedor. Já Kris Meeke furou totalmente as contas à Toyota, ao desistir por duas vezes na prova finlandesa.

Depois de um pódio algo expectável, de salientar o 4º lugar de Andreas Mikkelsen, o melhor dos três Hyundai WRC, ao bater o campeão Sébastien Ogier, que levou o Citroen ao 5º lugar, apenas a 2,7 segundos de Mikkelsen e a 56,2 segundos do vencedor.

Thierry Neuville não esteve em forma na Finlândia, conseguindo apenas vitórias nas duas especiais espetáculo da prova e terminando o rali num modesto 6º lugar a 1m32,4 de Tanak, mesmo assim com a Hyundai a mandar Craig Breen penalizar, para que Neuville ficasse à sua frente. Breen que regressou este ano ao WRC aos comandos de um Hyundai i20, assinou uma prova positiva, terminando na 7ª posição a 1m38,2 e apenas a 5,8 segundos de Neuville. Na M-Sport Ford as contas não correram nada bem, com Teemu Suninen a terminar no 8º lugar a longínquos 2m33,8 de Ott Tanak.

Nada a dizer em elação à clara vitória de Tanak, que venceu 6 especiais de classificação, onde se inclui uma fantástica vitória na Power Stage, batendo Neuville que foi o 2º mais rápido neste derradeiro troço. Melhor só mesmo Latvala que regista 7 triunfos em troços. Tanak controlou tudo e todos, só faltou mesmo à Toyota a dobradinha, pois não contava com um Lappi tão eficaz, nem com um Meeke tão desastrado.

Na categoria WRC 2, o domínio de Kalle Rovanpera, com apenas 18 anos foi total, levando o Skoda Fabia R5 ao 9º lugar da classificação geral, batendo outro Skoda Fabia por 2m34,6 de diferença, com Nikolay Gryazin a fechar o lote dos 10 primeiros classificados na Finlândia.

Agora, e numa altura em que faltam 5 provas para o final do WRC 2019, Ott Tanak comanda com 180 pontos, seguido por Sébastien Ogier com 158 e por Thierru Neuville com 155. Muito longe dos objetivos, está Elfyn Evans com 78 pontos e também Andreas Mikkelsen, agora com 71 pontos. Na batalha dos construtores, a Hyundai continua no comando com 262 pontos, perseguida pela Toyota com 238. A Citroen está no 3º lugar agora com 198 pontos enquanto a M-Sport Ford soma 158. A próxima prova do WRC 2019 é o Rali da Alemanha entre 22 e 25 de agosto.

Patrocínios
scroll up