Tanak-dia-2-1200x675

Tanak passou a liderar sem pressões o Rali da Alemanha

24 agosto 2019

Estava a ser uma luta fantástica de seguir, entre Tanak e Neuville. O estónio tinha ganho 3 troços e o belga respondia com duas vitórias. No entanto, um furo no pneu traseiro esquerdo do Hyundai de Neuville ditou a história da prova, logo no início do troço mais longo do Rali da Alemanha, com 41 km de extensão. Na verdade, a especial 13 foi mesmo de azar para Neuville que perde cerca de 1m30 e cai para o 7º lugar, entregando numa bandeja a liderança a Ott Tanak, que conta com mais de 30 segundos de vantagem, e logo para os seus colegas de equipa. A Toyota ocupa agora os 3 lugares do pódio em estilo de guarda de honra a Ott Tanak.

A última especial do dia também foi marcante para o campeão do mundo Sébastien Ogier, com o Citroen a furar uma das rodas da frente e a cair para o 8º lugar, a mais de 2 minutos do líder Tanak, que está numa posição privilegiada, pois nas posições seguintes estão mais dois Toyota Yaris, com Meeke a 32,4 segundos e Latvala a 41,8 segundos. Um pódio totalmente da Toyota no final do 2º dia, com um caminho perfeito para Tanak poder triunfar e registar a sua 3ª vitória consecutiva na prova alemã.

Com as contas feitas após 15 troços cronometrados, o imperador Tanak controlou tudo e todos, apesar da grande pressão que Thierry Neuville fez até à 13ª especial. O estónio da Toyota venceu 8 especiais de classificação e tem a vida completamente facilitada. Em relação à Toyota, já pensa em pontuação máxima, pois é dona e senhora dos três primeiros lugares. Logo atrás, a Hyundai coloca os seus três carros, com Dani Sordo no 4º lugar já a 1m10,8 de Tanak, seguido por Thierry Neuville a 1m35,2 e por Andreas Mikkelsen a 1m37,3.

Agora, depois do furo de Ogier, a Citroen tem Lappi no 7º lugar a 1m43,1 do líder e Ogier é 8º a 2m09,7, seguido pelo Ford de Greensmith a distantes 6m02,6 e pelo 4º Toyota entregue ao japonês Katsuta a 6m57,4. Entre a categoria WRC 2, a Skoda continua no comando, agora com Jan Kopecky, seguido do Ford de Camilli a 34 segundos. Para amanhã estão agendados os 4 últimos troços do Rali da Alemanha, com passadeira vermelha estendida para Tanak e para a Toyota.

Patrocínios
scroll up