Tanak-cara-1200x675

Tanak foi imperial na Alemanha e a Toyota encheu o pódio

25 agosto 2019

Ott Tanak caminha com segurança para o título, quando ainda faltam 4 provas para o final do WRC 2019. No Rali da Alemanha o piloto venceu 8 troços, enquanto o candidato Neuville triunfou em 7, depois de ter pressionado Tanak durante mais de metade da prova do ADAC. A Toyota apostou tudo na vitória do seu piloto pretendente ao título, mas também jogou importante cartada no assalto ao campeonato de construtores, ocupando todos os lugares do pódio, com Kris Meeke no 2º lugar a 20,8 segundos de Tanak e Jari-Matti Latvala na 3ª posição a 36,0 segundos.

Neuville terminou no 5º lugar, mas venceu a Power Stage, e Dani Sordo foi 4º classificado a 46,6 do vencedor e com 11,9 segundos de vantagem sobre Neuville. Com estas importantes classificações, a Hyundai continua a liderar o campeonato de construtores, mas agora com a Toyota a apenas 8 pontos. A desilusão acabou por ser o campeão do mundo, Sébastien Ogier, o 8º classificado a 1m56,3 do vencedor, não venceu nenhuma especial e apenas conquistou o 5º lugar na Power Stage. Na Citroen, que sai da Alemanha desiludida, melhor fez o finlandês Esapekka Lappi que termina a prova no 6º lugar a 1m42,2 de Tanak, apenas 4 segundos à frente do Hyundai de Andreas Mikkelsen.

As oportunidades ao volante de um WRC foram agarradas por Gus Greensmith, que terminou no 9º lugar com o Ford Fiesta, à frente do estreante japonês Takamoto Katsuta com um Toyota Yaris, ficando assim encerrado o lote dos dez primeiros classificados no Rali da Alemanha. Na categoria WRC 2 o combate foi interessante de seguir, mas com o jovem Kalle Rovanpera a ter uma saída de estrada, interrompendo a sua campanha vitoriosa no mundial. O triunfo continuou do lado da Skoda, mas com Jan Kopecky que assinou uma segunda vitória numa semana. Depois de ter vencido na Repúbica Chega para o europeu, ganhou agora para o mundial com o Fabia R5. A Skoda também encheu o pódio do WRC 2, com os pilotos locais Fabian Kreim e Marijan Griebel a imporem os Fabia R5 a uma concorrência forte, que tentou, mas não conseguiu chegar aos lugares da frente.

Depois do Rali da Alemanha, Ott Tanak comanda o WRC 2019 com 205 pontos, seguido agora por Thierry Neuville com 170. Sébastien Ogier baixou para 3º classificado com 163 pontos, seguido por Kris Meeke que totaliza apenas 80 pontos. Entre os construtores, a Hyundai continua a liderar, agora com 289 pontos. A Toyota está mais perto com 281 pontos, enquanto a Citroen é 3ª classificada com 216 pontos, seguida pela M-Sport Ford com 168 pontos. A próxima prova é o Rali da Turquia, entre 12 e 15 de setembro.

Patrocínios
scroll up