Tanak-EST02

Tänak com ritmo imbatível

05 setembro 2020

A correr em casa pela primeira vez numa ronda pontuável para o Campeonato do Mundo de Ralis, Ott Tänak não está a deixar os créditos por mãos alheias. Depois de ter deixado os rivais brilharem no primeiro dia de competição, o estónio da Hyundai entrou ao ataque para assumir a liderança da prova.

Na primeira especial deste segundo dia ainda cedeu um pouco, caindo para quarto, mas respondeu de imediato para assinar a primeira das quatro vitórias em especiais e reclamar desde logo a primeira posição da geral.

Sébastien Ogier, Thiery Neuville e Craig Breen ainda lograram os melhores tempos cinco troços, mas a vantagem que o homem da casa já tinha revelou-se demasiado significativa para ser anulada.

Quem também apresentou ritmo forte foi, precisamente, o colega de equipa de Tänak, Breen. Subindo a segundo da geral logo ao início do dia, o irlandês levou a cabo jornada muito regular para terminar a etapa a 11,7 segundos da frente e com muito confortável vantagem de 17 segundos sobre o adversário mais direto.

Enquanto isso, a abrir a estrada, Ogier caiu do segundo posto garantido ontem, com o mesmo tempo que Esapekka Lappi, para sexto logo de manhã. Um desaire que o obrigou desde logo a ter de recuperar muito terreno, mas a verdade é que não conseguiu ir além do terceiro posto até ao momento.

Logo atrás dele, a pouco mais de seis segundos de distância, e depois de significativa recuperação, surge o piloto sensação desta época, o jovem Rovanperä. O colega de equipa de Ogier na Toyota entrou fortíssimo, assumindo a liderança logo de manhã depois de levar de vencida a primeira especial do dia. Uma prestação que lhe valeu a subida de sétimo a líder. Contudo, um furo no pneu traseiro direito logo na classificativa seguinte levou a grande perda de tempo. Ainda assim, o finlandês não baixou os braços e de imediato tratou de recuperar o tempo perdido para subir de oitavo a quarto.

A fechar a lista dos cinco primeiros está Elfyn Evans (Toyota), com Takamoto Katsuta (Toyota), Lappi (Ford), Teemu Suninen (Ford), Pierre-Louis Loubet (Hyundai) e Gus Greensmith (Ford) a completarem o Top 10. Já fora da luta está Neuville, que perdeu uma roda na SS8, esperando-se que regresse amanhã em Super Rally.

Patrocínios
scroll up