OGIER-Campeao-FINAL-900

Sébastien Ogier é de novo campeão do mundo WRC

8º título para Ogier e Ingrassia com a Toyota a conquistar o título de construtores depois de dobradinha em Itália.
21 novembro 2021

Foi a despedida do WRC 2021 e também o adeus a uma geração de carros muito competitivos, que para o ano serão substituídos pelos novos híbridos Rally1. Sébastien Ogier e Julien Ingrassia, que se despende da sua brilhante carreira de navegador, venceram a derradeira prova do campeonato e, em festa dupla, comemoraram 8 títulos mindiais. A Toyota também festejou ao alcançar o título de construtores, depois de uma brilhante dobradinha em Monza e um duelo constante entre os seus dois pilotos, Ogier e Evans, que terminou a prova italiana no 2º lugar a 7,3 segundos do campeão.

No 3º lugar do pódio terminou Dani Sordo em Hyundai, a 21,3 segundos, que assinou uma prova muito consistente e terminou na frente de mais três Hyundai i20 WRC, tripulados por Thierry Neuville (4º), Oliver Solberg (5º) e Teemu Suninen (6º). Takamoto Katsuta em Toyota Yaris WRC foi 7º classificado, na frente do Ford Fiesta WRC de Gus Greensmith e do outro Toyota Yaris de Kalle Rovanpera, que nesta prova não conseguiu melhor do que o 9º lugar. Na 10ª posição terminou o melhor WRC2, com o italiano Andrea Crugnola em Hyundai i20 N Rally2 a surpreender uma forte concorrência.

Sébastien Ogier conquista o título máximo de pilotos, Andreas Mikkelsen (Skoda) foi campeão de WRC2 e Yohan Rossel (Citroen) o campeão de WRC3. Em 2022 vai chegar a geração híbrida ao WRC, com Toyota, Hyundai e M-Sport Ford, que susbstiui o Fiesta pelo novo Puma hóbrido, a apostarem em novos projetos competitivos, para além de outros construtores que poderão surgir. Este ano a Toyota dominou o WRC com 9 vitórias, contra 3 da Hyundai, conquistando o título de construtores, Ogier fechou a época com mais uma vitória e vai ainda decidir se para o ano irá fazer alguma prova esporádica do WRC, mas sem Ingrassia no banco do lado.

Caiu o pano sobre o WRC 2021, com Ogier no 1º lugar com 230 pontos, seguido por Elfyn Evans, que conquistou dois vice-campeonatos, com 207 pontos. Thierry Neuville foi 3º classificado com 176 pontos, Kalle Rovanpera o 4º totalizando 142 pontos e Ott Tanak o 5º com 128 pontos. A Toyota triunfa entre os construtores com 522 pontos, seguida pela Hyundai com 463 pontos e pela M-Sport Ford com 200 pontos. Agora é só esperar pelo Rally de Monte Carlo, a primeira prova de 2022, que vai abrir a página dos WRC Híbridos.

Patrocínios
scroll up